quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Vídeo: Situação dos Haitianos em Manaus - AM



Vídeo-Entrevista com Marie Ketly Vibert Franceschi
Fundadora da ATHAM 

Associação dos Trabalhadores Haitianos no Amazonas




O forte terremoto (magnitude 9,1 na escala Richter) que aconteceu no Haiti em janeiro de 2010 deixou, segundo a imprensa da época, cerca de 200 mil pessoas mortas, 300 mil feridas, 4 mil amputados e um milhão desabrigadas. Destas, 1,6 mil estão vivendo hoje na cidade de Manaus e apenas 434 estão com vistos de permanência concedidos pela Polícia Federal.
A Atham quer acompanhar o dia-a-dia da comunidade haitiana em Manaus. A entidade se preocupou em estabelecer contato com as instituições visando o amparo legal e trabalhista aos haitianos. Para isso, mantém contato com o Ministério Público do Trabalho - 11ª Região (por meio do procurador do Trabalho Audaliphal Hildebrando), Superintendência da Polícia Federal no Amazonas, a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), as empresas do Sistema de Transporte Coletivo e a Pastoral do Migrante.



Este é o vídeo da entrevista do Projeto Luz e Vida: Missão Amazônia com a fundadora da ATHAM: http://www.youtube.com/watch?v=-ypCwmV0w94
Importante atentar para o testemunho da Igreja Metodista Central de Manaus no tocante a acolhida aos migrantes haitianos como forma eficaz de testemunho à população.





A situação agravou-se pela limitação do número de vistos e pela exclusão e desamparo dos que não o possuem. A lentidão das autoridades faz com que a ajuda financeira não chegue a Manaus, onde se concentram milhares de migrantes haitianos sem trabalho digno, moradia adequada, roupas decentes, alimentação básica e traslado de familiares, restando apenas a dor da separação e da falta de perspectiva. Portanto, sejamos hospitaleiros ao máximo com todos aqueles que já estão em nosso território, pois é o mínimo que cada um de nós deve fazer.

“Não negligencieis a hospitalidade, pois alguns, praticando-a, sem o saber acolheram anjos”.
Hebreus 13.2






Assista “O Futuro que Nós Queremos: diagnóstico de campo”: http://www.youtube.com/watch?v=_DjmI13121U

Participe deste Projeto!
Ajude a Construir o Futuro que Nós Queremos!