terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Missão: 1ª Viagem Missionária



Projeto Luz e Vida: Missão Amazônia 
1ª Viagem Missionária 2011-2012

Relatório Geral


Manaus – AM
Pacaraima - AM 
Manaquiri - AM


Com muita alegria e satisfação queremos comunicar os primeiros resultados da 1ª Viagem Missionária do Projeto Luz e Vida: Missão Amazônia, realizada entre os dias 20 de dezembro de 2011 e 18 de janeiro de 2012 na cidade de Manaus - AM, Pacaraima-RR e Manaquiri-AM.


Faculdade de Teologia da Igreja Metodista
Universidade Metodista de São Paulo


Vontade Missionária: 
A Eficácia de Toda Ação Social Solidária.


O Projeto Luz e Vida: Missão Amazônia nasceu da vontade missionária de estudantes universitários da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista (Fateo), instituição de ensino superior que deu origem à Universidade Metodista de São Paulo (Umesp).

Vídeo do diagnóstico de campo 2012



Com olhares voltados à realidade da Região Amazônica, chamada pelos metodistas de Região Missionária da Amazônia (REMA), os estudantes decidiram pôr em prática o conteúdo teórico oferecido pela instituição.



Bispo Adolfo Evaristo de Souza
Região Missionária da Amazônia



Com o apoio de poucos, porém fiéis colaboradores da missão, os aspirantes ao Ministério Cristão partiram de São Bernardo do Campo - SP no final de 2011 em direção à Manaus - AM para uma viagem no Barco-Hospital-Missionário Manfred Grellert, uma doação da World Vision para a Igreja Metodista Central de Manaus, mantido sob responsabilidade jurídica da AMAS (Associação Metodista de Ação Social).



Equipes brasileira e norte-americana


Entre a chegada e o embarque decidiram visitar a Aldeia Maruwai, no extremo norte de Roraima, onde habitam cerca de 220 indígenas macuxi. Entre danças tradicionais, cultos, louvores e diversas atividades recreativas com as crianças e seus familiares, os indígenas ganharam livros, CDs, equipamentos esportivos e puderam contar um pouco de suas lutas e conquistas nas áreas de educação, saúde e transporte.



Indígenas Macuxi 
Comunidade Maruwai-RR


De volta à capital amazonense, os aventureiros em missão embarcaram no Manfred Grellert rumo às comunidades ribeirinhas do Solimões. 



Mapa da Região de Manaquiri - AM


Após dez horas de navegação, acompanhados por botos e olhares curiosos, chegaram ao município de Manaquiri, porta de acesso às demais comunidades ribeirinhas sob sua jurisdição.



Porto de Manaquiri - AM


No dia seguinte, partiram para a comunidade ribeirinha de Barro Alto, onde muitas pessoas puderam receber atendimento médico, odontológico, remédios e orientação preventiva para a saúde e higiene bucal.


Consultório odontológico
Barco Hospital Missionário



Enquanto os pais e familiares realizavam exames básicos com médicos e enfermeiros voluntários, as crianças participavam da Escola Bíblica de Férias com muitas atividades didáticas e recreativas sempre recheadas com as Boas Novas da Salvação.



EBF "Manhã Alegre"  do Projeto Luz e Vida
Comunidade Ribeirinha do Barro Alto


Terminada a jornada de oito horas em Barro Alto, partiram no Barco Hospital Missionário para a comunidade ribeirinha de Paraná do Manaquiri, onde todas as atividades e atendimentos foram retomados.



EBF "Manhã Alegre" do Projeto Luz e Vida
Comunidade Ribeirinha do Paraná do Manaquiri


O mesmo se deu na Comunidade de Costa do Aruanã e Vila do Janauacá, onde encontraram o maior número de pacientes e crianças sempre sedentas de atenção e novidades.


EBF "Manhã Alegre" do Projeto Luz e Vida


EBF "Manhã Alegre" do Projeto Luz e Vida

Após dois dias entre os indígenas na Aldeia Maruwai no extremo norte de Roraima e cinco dias entre os ribeirinhos das comunidades de Manaquiri no Solimões voltaram mais uma vez para Manaus onde conheceram a Reserva de Desenvolvimento Sustentável de São João do Tupé na margem direita do Rio Negro, onde vivem indígenas das etnias Dessana, Tucana e Tuiuca e receberam valiosas informaçõesde natureza teológica, cultural e histórica sobre os povos da floresta que vivem no Alto Rio Negro.


Aldeia Dessana
Reserva de Desenvolvimento Sustentável de São João do Tupé 


Na volta, passaram a visitar as comunidades que vivem em palafitas, principalmente as que estão próximas à área urbana de Manaus



Palafitas da Cidade de Manaus

Nesta oportunidade puderam perceber, claramente, o impacto ambiental produzido nas grandes cidades em contraste com aquelas que haviam acabado de conhecer.



Porto de Manaus

As necessidades dos povos urbanos, o direito à moradia adequada, à saúde e à educação de qualidade com ênfase na preservação do meio ambiente, levantadas pela ONU nos anos 2000 pareceram tão atualizadas e urgentes quanto aquelas dos povos rurais em todas as suas privações e dificuldades.


Comunidade haitiana 
Igreja Metodista Central em Manaus


No final de janeiro de 2012, voltaram para São Bernardo do Campo, onde não havia mais como relaxar, pois à medida que o registro das atividades missionárias era organizado, através da edição de fotos e vídeos, a realidade, as carências e os clamores dos povos e comunidades visitadas tocavam-lhes a consciência e o coração.
Procuraram apoio e uniram forças para construir um ambiente de exercício da ação missionária de forma prática, procurando inicialmente envolver os demais estudantes de teologia em uma experiência real de missões na Amazônia.
Posteriormente, procuraram participar da construção de políticas públicas que pudessem viabilizar melhorias na qualidade de vida das populações em situação de vulnerabilidade ou desvantagem a partir da Região Amazônica.
Com uma perspectiva cristã e cidadã, passaram a estabelecer parcerias com instituições comprometidas com o bem estar de pessoas, grupos de pessoas e comunidades, procurando atuar de forma conjunta com governos, igrejas e ONGs na luta contra a corrupção, exclusão, injustiça, violência, fome, miséria e doenças, investindo na prática de ações coordenadas de longo alcance.
Esta nova adequação forneceu os elementos necessários para a criação e desenvolvimento do Projeto Luz e Vida: Missão Amazônia com realização de atividades socioculturais e socioeducativas de forma voluntária, solidária e sustentável na luta pela redução ou eliminação dos efeitos decorrentes dos males sociais comuns em nossa sociedade.


Veja Também:
O Futuro que Nós Queremos: http://www.youtube.com/watch?v=_DjmI13121U
Plano Nacional Missionário 2017-2021: https://drive.google.com/drive/folders/0BzpalBvRuahaVXVMdmxvc2J2UVE   

Participe deste Projeto!
Ajude a Construir o Futuro que Nós Queremos!